Tudo o que você precisa saber sobre a versão 18.4.46 do PRTG

Tudo o que você precisa saber sobre a versão 18.4.46 do PRTG

Quem já trabalhou com o PRTG está habituado com a facilidade intuitiva da interface do software e a qualidade do gerenciamento de redes.

Agora, tente imaginar uma geladeira inteligente. Ela te informa em tempo real todos os itens, data de validade e se há algum alimento estragado.

Caso alguma coisa tenha vencido ou estragado, a própria geladeira descarta e repõe um novo item para que você não precise se preocupar com nada.

O que isso tem a ver? A nova versão 18.4.46 do PRTG é basicamente a mesma coisa, ele atualiza e instala novas ferramentas automaticamente, além de ajudar a proteger toda sua infraestrutura de TI.

Caso o usuário tenha alguma dificuldade ou qualquer dúvida sobre alguma função do software, o suporte premium fornecerá todas as respostas.

Novos sensores de rede regionais na Amazon CloudWatch

Uma das principais evoluções foi a introdução das regiões oeste dos EUA (Ohio), União Europeia (Paris) e Ásia Pacífico (Osaka).

Essas três regiões possuem sensores Amazon CloudWatch e permitem que o usuário utilize diferentes tipos de sensores da CloudWatch como o Amazon CloudWatch Alarm, EBS, EC2, ElastiCache, ELB, RDS, SNS e SQS.

Melhorias no Core Server

Para aperfeiçoar a experiência de monitoramento de redes, a Equipe de Desenvolvimento de Backend teve um árduo trabalho para conseguir aumentar a estabilidade e a performance do PRTG Core Server.

Com as alterações, a equipe de desenvolvimento foi capaz de otimizar significativamente o tempo de inicialização dos servidores, em especial os que possuem arquivos de configuração mais pesados.

Os resultados dos testes realizados pelos técnicos desenvolvedores Paessler em laboratório surpreenderam e superaram as expectativas.

Após algum update ou a necessidade de reiniciar o PTRG, os técnicos constataram um aumento de até dez vezes na velocidade, combinados a arquivos de extensão de configuração.

Entre outras melhorias apresentadas na versão 18.4.46 estão as resoluções de bugs dos sensores e do Web-GUI.

Facilidade para utilizar e avaliar o PTRG

Atualmente, a versão trial do software está disponível para download e dispensa a necessidade de inserir uma chave manualmente. É uma excelente oportunidade para se familiarizar com a nova versão e testar o monitoramento de redes.

Além disso, a versão trial do software opera com um número máximo de 100 sensores, já o produto licenciado pode dar opções ilimitadas de sensores.

A versão de teste do PTRG é gratuita e completa por 30 dias, após esse período é necessário adquirir a licença original do produto.

Dentro da interface do administrador, você ainda pode ver todas as contas de usuários conectados ao PRTG.

Para verificar basta abrir a página PRTG System Status no software, ir na aba Setup | PRTG Status do menu principal e observar os dados apresentados no Software Version and Server Information.

Ao final desse caminho, o administrador encontrará a opção Active User Session que mostra todas as informações dos usuários conectados e a sua experiência na web.

O que você achou dessa versão? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Fechar Menu